Sunday, July 28, 2013

Turbo




Certas matinés são inesquecíveis para certas famílias. Matinés em que toda a família vai e que ficam marcadas para sempre. Na minha infância, a matiné inesquecível foi a de Super-Homem de Richard Donner no cine Brasília de Carazinho. A fila para entrar dava volta na quadra e, com meus pais e irmãos, guardei na retina as aventuras de Clark Kent (Christopher Reeve). No século XXI, a sessão inesquecível de um novo núcleo familiar aconteceu no charmoso cine Roxy, no também charmoso bairro de Copacabana. O filme: Turbo 3-D. A família gaúcha se deleitou com a animação da DreamWorks cujo inesperado protagonista é Theo, caracol com o inusitado sonho de participar do mundo do automobilismo, mais exatamente, o da Fórmula Indy. Mesmo convivendo com a dura realidade de um canteiro onde todos os dias os caracóis locais sofrem o ataque de pássaros e de um pestinha que adora atropelar caracóis e outros bichinhos com seu triciclo, o inconformado e sonhador Théo treina nas horas vagas para diminuir o seu tempo e ficar mais veloz (ou menos lento). O destino do molusco gastrópode vai se alterar por dois acasos do destino: uma radical experiência sensorial na qual Théo adquire poderes inimagináveis e o contato com um ser humano tão sonhador quanto ele.
Turbo mostra que com perseverança e bons amigos todos os sonhos podem ser alcançados.

No comments: