Sunday, July 23, 2017

What I've Done



Nesta despedida

Não há sangue
Não há álibi
Pois extraí arrependimento
Da verdade contida
Em mil mentiras
Então deixe a misericórdia
Lavar 

O que eu fiz

Vou me enfrentar
Para eliminar o que me tornei
Me apagar
E deixar para trás o que eu fiz

Deixe pra lá
O que você pensava de mim
Enquanto eu limpo esta lousa
Com as mãos
Da incerteza
Então deixe a misericórdia
Lavar

O que eu fiz
Vou me enfrentar
Para eliminar o que me tornei
Me apagar
E deixar para trás o que eu fiz

Pelo o que eu fiz
Vou recomeçar
E seja lá qual dor surgir
Hoje isto termina:
Estou perdoando o que eu fiz

Vou me enfrentar
Para eliminar o que eu me tornei
Me apagar
E deixar para trás o que eu fiz

O que eu fiz

Perdoando o que eu fiz



In this farewell
There's no blood
There's no alibi
'Cause I've drawn regret
From the truth
Of a thousand lies
So let mercy come
And wash away

What I've done
I'll face myself
To cross out what I've become
Erase myself
And let go of what I've done

Put to rest
What you thought of me
While I clean this slate
With the hands
Of uncertainty
So let mercy come
And wash away

What I've done
I'll face myself
To cross out what I've become
Erase myself
And let go of what I've done

For what I've done
I'll start again
And whatever pain may come
Today this ends
I'm forgiving what I've done

I'll face myself
To cross out what I've become
Erase myself
And let go of what I've done

What I've done

Forgiving what I've done

No comments: